Reportagens

Em Ribamar, Flávio Dino reúne milhares de pessoas no último comício da campanha

A cidade de São José de Ribamar fez nesta quinta-feira (04) um comício histórico, com milhares de pessoas. Foi a Onda 65 que está espalhada por todo o Maranhão e, desta vez, levou Flávio Dino até o município da Grande Ilha.

Foi o último comício da campanha. Pela lei, esta quinta foi o último dia para comícios. Outros atos de campanha podem ser feitos até o sábado (6), um dia antes da eleição.

“Eu estou hoje fazendo o último discurso desta campanha porque, a partir de amanhã, a lei não permite mais. E escolhi fazer esse último discurso aqui na querida cidade de Ribamar. Eu sou muito grato ao povo de Ribamar e da Ilha”, afirmou Flávio Dino em relação à importância da região.

Antes do comício, Flávio fez uma caminhada igualmente concorrida, com o número 65 tomando as ruas.

Os moradores comemoraram com Flávio as últimas pesquisas divulgadas que mostram a reeleição do governador com ampla vantagem no primeiro turno.

Parceria

Flávio destacou a parceria com o prefeito de Ribamar, Luís Fernando, “que tem sido um irmão de caminhada desde antes de eu assumir o governo”. De acordo com o governador, o prefeito teve participação fundamental na produção do programa de governo apresentado em 2014.

Luís Fernando destacou diversas obras de Flávio Dino em Ribamar: “Se vocês vierem para cá, passam pela MA-203, obra de Flávio Dino. E quando passa na MA-203, você sente a presença da segurança pública, com a Companhia de Polícia Militar, delegacia de Polícia Civil. Se você continuar, passa na MA-204, linda, um tapete, totalmente iluminada por Flávio Dino”.

Senado

Flávio Dino ressaltou a importância de eleger os candidatos ao Senado Eliziane Gama e Weverton Rocha. Ambos são da chapa de Flávio. Neste ano, o eleitor vota em dois senadores.

“Eu estou muito feliz, muito emocionado. Quero agradecer muito e pedir o voto de vocês para os nossos dois senadores. Vamos ganhar e vamos eleger os dois senadores”, afirmou o governador. O prefeito Luís Fernando acrescentou que “Eliziane é uma trabalhadora, uma mulher que não sossega”.

Eliziane estava no comício e disse que representa a candidatura do povo, diferentemente dos candidatos da oligarquia: “Flávio Dino chegou e disse o seguinte: ‘para ser senador tem que ter a cara do povo, jeito do povo’. E é isso o que nós somos”.